sexta-feira, 14 de maio de 2010

O QUE É QUADRINHA ?

Navegando pela "net",nossa rota foi traçada...O que é quadrinha?
Quadrinha é tipo de poema popular,  é formada por quatro versos, normalmente de sete sílabas cada um...esse negócio de verso usa matemática para caramba...né!
A Quadrinha no Brasil é muito usada para desafios e usam sempre uma viola ou sanfona é meio cantada.
A quadrinha também é usada em provérbios populares e adivinhas...isso é coisa de Folclore...sacou!!!
A quadrinha era chamada de  Trova ...atenção não é "treva"não ...é trova mesmo...A trova podia ser qualquer poema ou canção, o poeta era chamado de  trovador ou vate  aquele que "declamava" a trova.Descobri que esse tal trovador tinha que saber ler direitinho e depois decorar o poema para então declamar ,isso era um tipo de leitura com ritmo tipo música...alguns até usavam um tipo de instrumento parecido com o violão...eles se apresentavam nas vilas que tinham ao redor dos castelos e nos salões de festas  castelos e  palácios...os trovadores eram  artistas famosos....tipo "pop star"...eram homens...as mulheres  normalmente eram dançarinas...
Agora uma definição  cheia de palavras difíceis da Wikipédia.org... de Trova ou quadrinha : é um  poema único  de quatro versos em redondilha maior,é chamado de  poema monostrófico que nome estranho...mas isso quer dizer que tem apenas  uma estrofe  com quatro versos heptassílabos...sacou???...não...essa  outra palavra  parece o nome de um dinossauro mais quer dizer que tem redondilha maior...redondilha esta mais explicadinho ai em baixo... mas quer dizer que tem cinco silabas(menor) ou 7 sílabas (maior) nos versos (quadrinhas)...
A quadrinha ou trova não tem título,tem  quatro versos, como nos exemplos a seguir:

"Trinta dias tem novembro, abril, junho e setembro.
Vinte e oito só tem um, os demais todos trinta e um."

"O anel que tu me deste
Era vidro e se quebrou
O amor que tu me tinhas
Era pouco e se acabou"

MEU PAI CHAMA-SE CACO
MINHA MÃE CACA MARIA
LÁ EM CASA TUDO É CACO
SOU FILHO DA CACARIA
O QUE É REDONDILHA ?

Os versos de cinco ou sete sílabas são chamados de Redondilha
Os versos  de cinco sílabas chama-se redondilha menor.
Os versos de sete sílabas são chamados de redondilha maior.
 A redondilha foi muito utilizada pelos poetas do Cancioneiro Geral como o poeta Português  Camões.
Um assunto puxa outro vamos ver rapidamente o que é Trovadorismo...
Trovadorismo
O trovadorismo foi a primeira obra literária da língua portuguesa.
Surgiu no século XII ou seja mais de 800 anos atrás, chamavam essa época de  Idade Média, o pais de Portugal estava começando sua  formação nacional para ser reconhecido pelos outros países que já existiam como reino...nessa época as cidades nem existiam,eram vilas em volta de castelos...o cenário era parecido com as cenas dos filmes e desenhos do Robin Hood...
O primeiro trovador reconhecido foi  Paio Soares de Taveirós  que escreveu no ano de 1189 a "canção da ribeirinha"...o trovadorismo fez sucesso até 1418, quando começa o Quinhentismo.
Trovadores
Os trovadores eram os poetas da época. Eram  pessoas que  que sabiam ler e escrever...então tinham uma  origem nobre,ou seja,não eram pobres,pois os pobres daquela época eram todos analfabetos.
Os trovadores eram artistas que compunham e cantavam suas poesias  com o acompanhamento de instrumentos musicais ,essas poesias eram  as cantigas
Estas cantigas eram  escritas  à mão e  reunidas em livros, esses livros eram conhecidos como Cancioneiros.Já pensou? Escrever um livro inteiro à mão com caneta de "bico de pena"
Temos conhecimento de apenas três Cancioneiros. São eles: “Cancioneiro da Biblioteca”, “Cancioneiro da Ajuda” e “Cancioneiro da Vaticana”.
Os trovadores de maior destaque na lírica galego-portuguesa são: Dom Duarte, Dom Dinis, Paio Soares de Taveirós, João Garcia de Guilhade, Aires Nunes e Meendinho.
No trovadorismo galego-português, as cantigas são divididas em: Satíricas (Cantigas de Maldizer e Cantigas de Escárnio) e Líricas (Cantigas de Amor e Cantigas de Amigo).
Cantigas de Maldizer: através delas, os trovadores faziam sátiras diretas, chegando muitas vezes a agressões verbais.
Em algumas situações eram utilizados palavrões.
O nome da pessoa satirizada podia aparecer explicitamente na cantiga ou não.
Cantigas de Escárnio: nestas cantigas o nome da pessoa satirizada não aparecia.
As sátiras eram feitas de forma indireta, utilizando-se de duplos sentidos.
Cantigas de Amor: neste tipo de cantiga o trovador destaca todas as qualidades da mulher amada, colocando-se numa posição inferior (de vassalo) a ela.
O tema mais comum é o amor não correspondido.
As cantigas de amor reproduzem o sistema hierárquico na época do feudalismo, pois o trovador passa a ser o vassalo da amada (suserana) e espera receber um benefício em troca de seus “serviços” (as trovas, o amor dispensado, sofrimento pelo amor não correspondido).
Cantigas de Amigo: enquanto nas Cantigas de Amor o "eu-lírico" é um homem, nas de Amigo é uma mulher (embora os escritores fossem homens).
A palavra amigo nestas cantigas tem o significado de namorado.
O tema principal é a lamentação da mulher pela falta do amado.

2 comentários: